Guarujá tem programação de combate ao Aedes aegypti

A iniciativa da Secretaria Municipal de Saúde tem o objetivo de conscientizar a população sobre os cuidados necessários para evitar a proliferação do mosquito.

Foto: Ministério da Saúde

Até domingo (3), a Prefeitura de Guarujá realiza ações de combate ao mosquito Aedes aegypti, transmissor de doenças como dengue, chikungunya, zika e febre amarela.

O número de casos de dengue no Brasil aumentou 21% em relação ao ano passado. De 1º janeiro a 18 de novembro, houve 1.663.113 confirmações da doença contra 1.374.776 no mesmo período de 2022, de acordo com o boletim epidemiológico do Ministério da Saúde.

No mesmo período, 1.034 pessoas morreram. 3,5% a mais se comparado a 2022, quando houve 999 óbitos.

A iniciativa da Secretaria Municipal de Saúde começou na segunda-feira (27) e tem o objetivo de conscientizar a população sobre os cuidados necessários para evitar a proliferação do inseto. Além disso, os agentes de controle de endemias realizarão mutirões para eliminar criadouros.

De acordo com a prefeitura, nesta quinta-feira (30), das 9h30 às 11h30, as equipes farão um pedágio educativo no semáforo em frente ao Ginásio do Guaibê, com a entrega de panfletos. Já na parte da tarde, um teatro temático de fantoches será apresentado na Escola Municipal Giusfredo Santini. A ação será realizada às 13h30 e às 14 horas.

Na Praia da Enseada haverá tenda informativa, próximo ao projeto Educa Surfe, das 10 às 14 horas. Na sexta (1º), no mesmo horário, a ação acontece na orla da Praia de Pitangueiras.

No domingo (2), a partir das 9 horas, agentes de controle de endemias e agentes da saúde da família da Unidade de Saúde da Família (Usafa) Jardim Brasil realizam um mutirão para retirada de criadouros no Morrinhos. O ponto de encontro será no Supermercado X (Avenida Antenor Pimentel, 780), onde também será montada uma tenda informativa.

Login

Welcome! Login in to your account

Remember meLost your password?

Lost Password