Guerra em Santos: Torcedores santistas colocam fogo em veículos após o rebaixamento do Peixe para a Série B

Seis ônibus, seis carros e uma ambulância foram incendiados na noite desta quarta-feira (6). O Peixe dependia apenas dele mesmo para se manter na Série A e não conseguiu fazer a lição de casa.

Foto: Reprodução

Vídeo: Reprodução

Após a partida entre Santos e Fortaleza, pela disputa da última rodada do Brasileirão 2023, a torcida santista iniciou uma verdadeira guerra contra a Polícia Militar (PM), na noite desta quarta-feira (6), pelo bairro da Vila Belmiro, na cidade de Santos. Seis ônibus, seis carros e uma ambulância foram incendiados.
A confusão foi porque o Peixe ficou na 17ª colocação da Série A e foi rebaixado para a Série B da competição. O Alvinegro Praiano dependia apenas dele mesmo e não conseguiu fazer a lição de casa.

Nas imagens é possível ver a destruição e a confusão no local. (veja o vídeo acima)

Antes mesmo do fim da partida, quando saiu o segundo gol do Fortaleza, bombas foram atiradas dentro do gramado contra os jogadores adversários. Já os santistas ficaram encurralados no meio do gramado por cerca de meia hora, quando conseguiram sair.

Fora do campo, um grupo de torcedores do Santos atirou pedras, coquetéis molotovs e outros objetos contra a Vila Belmiro e alguns policiais. Placas, lixeiras e casas também foram depredadas. Os agentes reagiram com bombas de efeito moral e gás de pimenta, na tentativa de controlar a situação. A cavalaria da PM e helicópteros também foram acionados.

A reportagem do THMais procurou a Secretaria de Segurança Pública, a Prefeitura de Santos e a Polícia Militar (PM) para ter mais detalhes mas, até o momento, não obteve resposta

Login

Welcome! Login in to your account

Remember meLost your password?

Lost Password