Jovem que matou a própria mãe dentro de casa, foragido há 3 anos, é encontrado e preso em Belo Horizonte

Guarujá Mil Grau / Reprodução

Bruno Eustáquio Vieira, jovem que estava foragido por ter assassinado a própria mãe, Márcia Lanzane, na cidade de Guarujá, litoral paulista, em dezembro de 2020, foi localizado e preso nesta segunda-feira (8), em Belo Horizonte.

O inquérito policial foi finalizado em 31 de maio de 2021, e encaminhado à Justiça. Pouco tempo depois, a prisão temporária de Bruno foi determinada. O caso foi investigado pela Delegacia Sede de Guarujá.

Em janeiro deste ano, foi decidido pela 1ª Vara Criminal de Guarujá, que ele deverá ser julgado pelo tribunal do júri, e que não poderá aguardar em liberdade. Na época dos fatos, o suspeito tinha 23 anos de idade, e a mãe, 44. O crime aconteceu dentro da própria casa da família.

Em imagens do circuito interno da residência, é possível ver o jovem e Márcia em luta corporal. Eles chegam a cair no chão, e Bruno fica em cima dela, a prendendo pelo pescoço e dando socos contra a mãe.

Quando percebeu que a mulher ficou imóvel, o jovem saiu do quarto e foi para a sala assistir televisão. No dia seguinte, o filho chegou a sair de casa, e ao retornar, acionou a polícia dizendo ter encontrado a mãe morta.

Reprodução

A Polícia Civil considerou Bruno como o principal suspeito, após ser constatado que a morte aconteceu muitas horas antes do acionamento da corporação. Questionado, o jovem confessou e disse ter sido uma morte acidental, que durante a discussão empurrou Márcia, e ela caiu e bateu a cabeça, vindo à óbito.

Os laudos da morte, porém, constataram fratura no pescoço e sinais de esganadura. Desde o decreto da prisão temporária de Bruno, ele estava foragido.

COMPARTILHAR:

Participe do grupo e receba as principais notícias de Campinas e região na palma da sua mão.

Ao entrar você está ciente e de acordo com os termos de uso e privacidade do WhatsApp.

NOTICIAS RELACIONADAS