Exclusivo: Câmeras de segurança flagram feminicídio em posto de combustíveis em Campinas

Créditos: Divulgação/Polícia Civil

Imagens de câmeras de segurança divulgadas nesta terça-feira, 30, mostram os momentos que antecedem a morte de Janaína Aparecida Meneghine Pires, de 29 anos. Ela foi morta na noite de domingo, 14 de janeiro, em um posto de combustíveis na Avenida Ruy Rodriguez, no Bairro Recanto do Sol, em Campinas.

São dois ângulos diferentes. Uma das câmeras mostra o momento em que o suspeito chega com o carro e chama a vítima para conversar. Janaína estava abastecendo o veículo e vai até o veículo do ex-companheiro. Ambos conversam brevemente e seguem cada um com seu carro, até os fundos do posto de combustíveis.

Nesse momento não é possível ver o que acontece. As imagens mostram apenas parte do veículo branco do suspeito, que aparece ao fundo do vídeo. Às 21h53 ambos estacionam os carros e segundos depois, o crime acontece. Funcionários do posto de combustíveis ouvem os tiros e olham para o ponto onde os veículos estão estacionados. Pouco tempo depois, o carro do suspeito deixa o local.

O CRIME

Janaína Aparecida Meneghine Pires, de 29 anos foi morta pelo ex-companheiro na noite de domingo, 14 de janeiro em um posto de combustíveis na Avenida Ruy Rodriguez, no Bairro Recanto do Sol, em Campinas.

Segundo amigas da vítima que estavam no local, Janaína entrou em contato com elas pedindo ajuda. Por telefone, ela disse que havia brigado com o companheiro e estava machucada. As amigas então, pediram para que a vítima esperar em algum local e que iriam encontrá-la.

Janaína então parou em um posto de gasolina para esperas as amigas. No momento em que elas chegaram, o autor dos disparos também chegou e desceu do carro com a arma em punho. Uma das amigas contou que tentou impedi-lo, segurando-o no braço e pedindo para que ele não cometesse o crime.

Ainda assim, o homem efetuou o primeiro disparo. A vítima foi baleada na face, no braço direito, na axila direita e com dois disparos nas costas. A perícia esteve no local e recolheu 4 estojos e 1 projétil. Janaína é a primeira vítima de feminicídio em Campinas em 2024.

Login

Welcome! Login in to your account

Remember meLost your password?

Lost Password