Funcionário de mercado de São José é sequestrado e feito refém

próprio sequestro sjc
(Foto: Street View)

Na tarde desta quinta-feira (19), um homem, de 39 anos, foi sequestrado após fazer compras na Ceagesp
em São Paulo, capital. Ele trabalha em um mercado no Jardim Santa Luzia, em São José dos Campos, e foi feito refém por criminosos que pediam R$ 10 mil por sua soltura.

Leia mais notícias da região aqui

De acordo com o boletim de ocorrência, a dona do mercado em que a vítima trabalha, conhecido como Mercado Ponto Certo, informou que seu funcionário é responsável por fazer compras de produtos na Ceagesp, na capital paulista. Como de costume, o homem vai para o local por volta das 00h e retorna ao comércio às 13h, no entanto, por volta das 14h, recebeu ligação de uma pessoa desconhecida que disse que seu funcionário havia sido sequestrado e que só iria libertá-lo mediante pagamento de R$ 10 mil e depois baixou o valor para R$ 7 mil.

No primeiro momento, a comerciante achou que era golpe e ignorou as informações, mas depois recebeu um vídeo onde a vítima estava encapuzada e sob mira de arma de fogo, que quando retirou o capuz, confirmou que era seu funcionário.

O veículo que o homem utilizou para a viagem possuía rastreador e a seguradora entrou em contato informando que ele foi localizado na Estrada Manoel Oliveira Ramos, em Ferraz de Vasconcelos/SP, totalmente “depenado”.

A vítima conseguiu contato horas depois com sua esposa e informou que havia sido libertado na cidade de Mogi das Cruzes/SP. O pagamento do resgate não chegou a ser feito.

O caso foi registrado no 6º DP de São José dos Campos como extorsão mediante sequestro.

COMPARTILHAR:

Participe do grupo e receba as principais notícias de Campinas e região na palma da sua mão.

Ao entrar você está ciente e de acordo com os termos de uso e privacidade do WhatsApp.

NOTICIAS RELACIONADAS