Michelle Bolsonaro ironiza Janja e diz que primeira-dama tem vocação para viajar

BALNEÁRIO CAMBORIÚ, SC (FOLHAPRESS) – A ex-primeira-dama Michelle Bolsonaro criticou de forma irônica sua “sucessora”, Janja Lula da Silva, durante participação neste sábado (6) na Cpac, conferência conservadora em Balneário Camboriú (SC).

Ao falar de sua trajetória na política, ela disse que foi uma primeira-dama vocacionada. “Umas têm vocação para trabalhar, outras para viajar, mas a gente não está aqui para discutir isso”, afirmou, em fala aplaudida no evento.

Falas em tom crítico a viagens de Janja ao lado do presidente Lula (PT) são frequentes em redes de direita.

Michelle discursou ao lado do marido, Jair Bolsonaro (PL), a quem fez vários elogios.

No momento em que a direita avalia a possibilidade de alternativas ao ex-presidente como candidato em 2026, em razão de sua inelegibilidade, Michelle afirmou que ele tem um papel formador de novas lideranças.

“Diferente da esquerda, você não é egoísta, você está aqui para criar novas lideranças”, afirmou, dirigindo-se para o marido.

Segundo ela, a direita está bem posicionada no Brasil, porque “um homem chamado Jair Messias Bolsonaro está aqui”.

“Grandes homens e grandes mulheres estão com você. Você não está sozinho”, afirmou ao marido.

Ela também fez uma menção especial ao deputado federal Eduardo Bolsonaro (PL-SP), um dos organizadores do evento, a quem chamou de “meu enteado e meu afilhado”.

A referência foi feita horas após ela ter reagido a uma reclamação de Carlos Bolsonaro sobre suposta falta de atenção do ex-presidente à filha do vereador.

A ex-primeira-dama também incentivou as pessoas presentes ao evento a entrarem na política e se candidatarem futuramente. E acrescentou que as mulheres têm papel especial nisso.

“A mulher tem um lugar especial na política. A política é feminina, não é feminista”, declarou.

FÁBIO ZANINI / Folhapress

COMPARTILHAR:

Participe do grupo e receba as principais notícias de Campinas e região na palma da sua mão.

Ao entrar você está ciente e de acordo com os termos de uso e privacidade do WhatsApp.

NOTICIAS RELACIONADAS