Série “Brasil em forma de pão” ganha prêmio de jornalismo

O Brasil é destaque quando o assunto é cultura, especialmente no âmbito gastronômico. Cada região tem a sua tradição, cultura e sabor, e o pão, alimento mais consumido pelos brasileiros, não podia ficar fora dessa!

A série de reportagens “Brasil em Forma de Pão”, tem a proposta de trazer mais detalhes sobre este universo. O material conta a história de pães tradicionais do Brasil e mergulha na relação afetiva que a população tem com este alimento, especialmente quando ele vem da terra natal dos consumidores.  

A série produzida pela repórter Ana Luiza Bessa da Novabrasil ficou entre as principais finalistas na categoria de Mídia Impressa / Rádio e ganhou o primeiro lugar na 15ª edição do Prêmio Jornalismo de Panificação e Confeitaria, promovido pelo Sampapão. A entidade engloba o Sindicato dos Industriais de Panificação e Confeitaria de São Paulo, a Associação dos Industriais de Panificação e Confeitaria de São Paulo e a Escola de Panificação e Confeitaria do IDPC.

 

 

A repórter Ana Luiza Bessa recebe o prêmio de jornalismo Sampapão                     | Foto: divulgação Sampapão

 

Cada tipo de pão carrega uma trajetória particular, com diferentes contextos, sabores, preparos e tradições. Há uma relação especial entre o ser humano e a comida, e a série busca retratar essa conexão através de sentimentos como o prazer, o afeto, as lembranças e até a saudade.

Ao todo, são quatro matérias que ressaltam a “brasilidade” deste alimento. A reportagem traz a história do Pão Cará, da Baixada Santista, já na região Nordeste, apresentamos o Pão Recife, o Pão Petrópolis, da região serrana do Rio de Janeiro, e por fim, para representar a região sul, as Cucas.

 

Pão de Cará de Santos

Tradicional da Baixada Santista, o pão de cará é famoso por ser macio e adocicado

 

Tradicional na Baixada Santista há muitos anos, o pãozinho de Cará é costume no dia a dia dos caiçaras. Tanto nas padarias, quantos nos restaurantes, o alimento é indispensável. Inclusive, a especiaria se tornou patrimônio imaterial cultural de Santos. O cará é um tubérculo, da mesma família do inhame, e é o grande diferencial do quitute! O pão é molinho, carrega uma massa levemente adocicada e é muito macio. Até pouco tempo era difícil encontrar o queridinho de Santos fora da região, mas a reportagem da Novabrasil descobriu uma padaria no bairro da Mooca, na capital paulista, que segue a receita fielmente e traz o gostinho da baixada. O estabelecimento é muito cobiçado, não só pelos santistas, mas também pelos paulistanos que querem provar a especiaria.
Ouça aqui

 

 

Pão Recife

Bem tradicional no nordeste do Brasil, o Pão Recife tem até a patente disputada! Apesar de levar o nome da capital pernambucana, a história deste pão é desconhecida, não se sabe quem o criou e de onde ele veio especificamente. Ele ficou famoso nesta região e faz sucesso por todo o Brasil. O pão é fofinho, macio e tem uma massa ligeiramente adocicada, com o miolo cor de creme, mas o grande diferencial está na farofinha que vem por cima do pão, feita a base de açúcar, manteiga e farinha de trigo. Este alimento pode ser encontrado em outras partes do país e a sua execução é fácil.
Ouça aqui

 

Pão Petrópolis

Muito parecido com o brioche, o Pão Petrópolis é conhecido por ter uma massa leve e adocicada. É um tipo de pão muito antigo e não há registros de onde ele foi criado, mas é fato se popularizou na região serrana do Rio de Janeiro e foi daí que surgiu o nome! Ele também ficou popular na região por causa da tradicional Confeitaria Colombo, que faz o pão há mais de 50 anos. Geralmente, ele é consumido em forma de fatias ou torradas, e o recheio é de escolha própria, tanto doce como salgado. Mas a grande dica é: colocar manteiga e tostar na frigideira!
Ouça aqui

 

Pão Cuca

Este tipo de pão pode ser facilmente confundido com um bolo, pois ele é formado por três camadas, uma de pão, uma de frutas da estação ou geleia e a terceira por uma farofa. Para os sulistas, já é “regra” comer a Cuca, pelo menos, uma vez por semana. O pão se tornou tradição no Sul do Brasil com a vinda dos alemães para a região e até hoje faz o maior sucesso. É possível encontrar o quitute em outros estados do país, mas com adaptações.
Ouça aqui

 

 

 

Login

Welcome! Login in to your account

Remember meLost your password?

Lost Password