Hamilton vence GP de Silverstone de Fórmula 1 após um jejum de mais de 940 dias

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) – Lewis Hamilton, da Mercedes, venceu o GP da Grã Bretanha neste domingo (7), na corrida mais disputada da temporada até o momento. O maior vencedor de Silverstone subiu ao lugar mais alto do pódio pela nona vez e chegou a sua vitória de número 104 na carreira. O piloto britânico não vencia uma corrida desde dezembro de 2021.

Max Verstappen fez boa largada e assumiu a terceira colocação da corrida, que era de Lando Norris. O holandês pressionou as primeiras posições, mas Lewis Hamilton fez seu papel de segurança e conseguiu se manter em segundo, com seu companheiro de equipe, George Russell, em primeiro.

Norris conseguiu a manobra e passou Verstappen na volta 15, recuperando sua posição da largada. O britânico logo abriu 1s do holandês e levou de brinde a volta mais rápida da prova, naquele momento.

Pouco depois, a chuva começou em Silverstone e Piastri também atacou Verstappen, ultrapassando o piloto do Red Bull e se aproximando de seu companheiro de equipe.

Durante as voltas 18 e 20, a corrida ganhou ares de muita emoção. Enquanto Hamilton ultrapassou Russell e assumiu a ponto, na sequência, os pilotos da Mercedes saem da pista e Norris e Piastri se aproximaram. Pouco depois, Lando conseguiu atacar Lewis e assumiu a liderança da prova. Piastri também atacou Hamilton e garantiu a segunda posição.

Na volta 27, Norris, Hamilton e Russell foram para os boxes para colocar pneus intermediários. A decisão da McLaren foi a de manter Piastri na pista. O erro da escuderia, fez o piloto australiano sair para trocar os compostos na volta 28 e acabou voltando apenas na sexta colocação. Nesse período, Verstappen, que já havia feito a troca, ultrapassou George e assumiu a terceira posição.

Perto da volta 40, a pista já estava secando e Hamilton e Verstappen decidiram trocar seus pneus no mesmo momento. Norris continuou na pista com o intermediário. Na sequência, o piloto da McLaren teve que trocar seus compostos também, mas o pit stop foi lento e ele voltou para a pista atrás de Lewis, que assumiu a liderança.

Já no final da corrida, Verstappen usou a asa móvel, abriu por fora e ultrapassou Lando Norris, assumindo a segunda colocação da prova. Apesar disso, o Hamilton ainda estava com uma vantagem de 3 segundos.

George Russell abandonou a corrida. Pierre Gasly teve problemas e não chegou nem a largar nesta prova.

Curiosidade

Várias celebridades marcaram presença no Grande Prêmio de Silverstone. Entre eles, os atores Brad Pitt e Javier Barden e o astro do futebol americano Patrick Mahomes.

F1 volta em duas semanas

A próxima corrida será o GP da Hungria, no Circuito de Hungaroring, no próximo dia 21 de julho, às 10h (de Brasília).

STEFANIE RAMOS / Folhapress

COMPARTILHAR:

Participe do grupo e receba as principais notícias de Campinas e região na palma da sua mão.

Ao entrar você está ciente e de acordo com os termos de uso e privacidade do WhatsApp.

NOTICIAS RELACIONADAS