Guarani visita o Novorizontino e perde a quarta seguida no Paulistão

Guarani visita o Novorizontino e perde a quarta seguida no Paulistão. Foto: Gustavo Ribeiro/Novorizontino.

Guarani visita o Novorizontino e perde a quarta seguida no Paulistão. Foto: Gustavo Ribeiro/Novorizontino.

O Guarani visitou o Novorizontino no Jorge Ismael de Biasi, e perdeu por dois a zero, nesta segunda-feira, 12. A partida, válida pela sétima rodada do Paulistão, marcou a quarta derrota seguida do Bugre dentro do campeonato.

O primeiro tempo foi de pouca criação das duas equipes. Em casa, a equipe do Novorizontino, treinada por Eduardo Batista, usava principalmente as laterais para chegar ao ataque. Danilo Barcellos, junto com Rômulo, foi bastante acionado e dos pés dele saíram vários cruzamentos.

Já o Bugre, com dois atacantes (Derek e Reinaldo) e quatro homens no meio de campo, apostava mais nos contra-ataques, mas não produzia tanto, já que o Tigre parava as jogadas com faltas táticas.

O cenário começou a piorar aos 22 minutos, quando Derek caiu no gramado com dores na coxa direita. O atacante precisou ser substituído por Pablo Thomaz, e deve ser desfalque num primeiro momento para Claudinei Oliveira, novo treinador do Guarani.

Mas foi de Pablo Thomaz a chance mais clara do primeiro tempo. O camisa 7 recebeu de Régis, ajeitou para a perna direita e bateu forte no alto, para a defesa de Jordi. Ainda teve tempo do Novorizontino ensaiar pressão nos acréscimos, e pedir um pênalti após confusão na área.

A etapa final começou movimentada, com finalização de Marlon após jogada ensaiada no pontapé inicial. Pouco tempo depois, foi a vez dos donos da casa assustarem, com finalização de fora da área no travessão do zagueiro Chico. 

Dois minutos depois, o Guarani não teve a mesma sorte. Waguininho bateu cruzado rasteiro e Rodolfo completou de carrinho para abrir o placar.

O mesmo Rodolfo ampliou o placar, cinco minutos depois. Pelo lado direito, Willean Lepo cruzou na pequena área, o camisa 7 desviou de cabeça e Vladimir nada pôde fazer para evitar o gol.

Intimidado com a pressão do Tigre, o Guarani raramente conseguiu chegar ao ataque e só conseguia finalizar através de chutes de longas distâncias. Rodrigo Leitão fez alterações no meio de campo, mas pouco surtiram efeito.

Lanterna do grupo B

O resultado ficou pior, pois todos os concorrentes do Bugre pontuaram na rodada. O Guarani continua na lanterna do Grupo B, com apenas 4 pontos, na 13ª posição geral. A equipe volta a campo em casa, contra o Santo André, nesta quinta-feira, 15, às 19h30.

Login

Welcome! Login in to your account

Remember meLost your password?

Lost Password