Valdemar lança Eduardo ao Senado e fala em desconforto por não poder encontrar Bolsonaro

BALNEÁRIO CAMBORIÚ, SC (FOLHAPRESS) – O presidente nacional do PL, Valdemar Costa Neto, lançou neste domingo (7) na conferência conservadora Cpac o deputado federal Eduardo Bolsonaro (PL-SP) como candidato ao Senado em 2026.

“Tenho me surpreendido com o trabalho do Eduardo Bolsonaro no país e fora do país. Estou há 40 anos na política e nunca vi alguém fazendo esse trabalho. Queremos ele candidato a senador em São Paulo, vai ser o senador mais votado da história do Brasil”, declarou, no evento que ocorre em Balneário Camboriú (SC).

Isso só não acontecerá, segundo ele, se o ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) tiver outros planos para o filho.

“Bolsonaro é quem decide a vida do PL, só estamos onde estamos graças ao Bolsonaro”, afirmou.

Valdemar falou à conferência logo em sua abertura, para não correr o risco de se encontrar com Bolsonaro, que deve participar do evento à tarde. Ambos não podem ter contato, segundo determinação do ministro Alexandre de Moraes (STF), por serem investigados no caso sobre a suposta trama golpista.

Valdemar fez uma referência velada a essa situação em seu discurso, chamando-a de “desconforto”. “Temos esse desconforto que estamos enfrentando, vamos em frente todos e vamos superar, com certeza”, declarou.

O presidente do PL exaltou o ex-presidente da República, dizendo que “ninguém tem o carisma de Bolsonaro no planeta Terra”.

FÁBIO ZANINI / Folhapress

COMPARTILHAR:

Participe do grupo e receba as principais notícias de Campinas e região na palma da sua mão.

Ao entrar você está ciente e de acordo com os termos de uso e privacidade do WhatsApp.

NOTICIAS RELACIONADAS